quarta-feira, 22 de abril de 2009

Um pouco de história...














Está mais do que na hora de postar algo contando a história deste instrumento magnifico chamado Acordeon ou Gaita, instrumento este que é sagrado aqui no Rio Grande do Sul...
Então vamos em frente descobrir a origem...
Há quase cinco mil anos atrás, já existia na China, um instrumento chamado CHENG, em canudos de sopro com palhetas de metal que acionadas emitiam sons. Uma espécie de órgão portátil. Levado pela Europa e Russia, chegou à Alemanha e despertou um interesse maior pelo melhoramento de tal instrumento.
Na Áustria em 1822, Bushmann, fabricante de instrumentos, adaptou da gaita de boca e fabricou o primeiro instrumento.
Em 1837, na França, C. Buffet também fabricante de instrumentos fez um melhoramento bastante considerável.
Somente a partir de 1910 é que o acordeon passa a merecer melhoramentos chegando ao nível dos atuais.

FORMAÇÃO ESTRUTURAL:
Gaita de Foles - duas caixas acústicas com dois teclados e um fole de vai e vem ao meio. Nas caixas, junto a pequenos furos, palhetas de metal que vibram e emitem sons atraves da passagem de ar. Instrumento campestre, pequeno e portátil.
É um dos instrumentos mais perfeitos que existem no mundo.

2 comentários:

L. MIGUEL disse...

Oi Jéssica!
Adorei a aula de história sobre este instrumento que nos fascina cada vez mais. E olha, a cada tecla tocada, acorde, som emitido por ele, eu tenho cada vez mais certeza de que este é o Instrumento mais perfeito do mundo.
Parabéns e obrigado pela aula.
Um Beijo!!!

Jéssica disse...

com certeza é um instrumento maravilhoso!!! quem toca se apaixona hehehe pelo menos é o meu caso!!!! é um orgulho também para quem toca, porque querendo ou não é dificil sim, dificil ter cordenação, claro que nos que tocamos a um tempinho já nem notamos isso...
mas viva o acordeon, não sei o que seria de mim sem a existência dele!!!